Blog

A estratégia do “Não”

Algumas pessoas, com o desejo de agradar, de fazerem bem o seu trabalho, de tentarem galgar uma promoção e não serem rejeitadas pelos outros, acabam aceitando todos ou quase todos os pedidos que lhe são feitos:

– Sim, posso sempre parar o que estou fazendo para atender as suas solicitações;

– Sim, posso pegar mais este caso, mesmo que eu esteja extremamente atarefada;

– Sim, posso sair para fazer um happy hour, mesmo que eu esteja exausta e só queira chegar em casa.

Se você sente que nunca tem tempo, que todos reivindicam sua ajuda e que você não se atreve a dizer não, talvez esteja na hora de rever este ponto na sua vida.

Em primeiro lugar, vale a pena falar da própria comunicação em si. Obviamente, a maneira de expressar este “não” faz uma grande diferença. É importante que você o faça com respeito, de maneira objetiva e equilibrada.

A assertividade nesta comunicação está diretamente relacionada à autoestima e à capacidade emocional, quanto maior o seu desenvolvimento nessa área, mais terá recursos para expressar o que precisa, sem se sentir culpado.

Além do mais, você já parou para pensar que dizer sim o tempo inteiro é uma maneira de dizer não ao que realmente importa?

O tempo é um recurso limitado. Quando você está sempre dizendo sim a algo novo, atolando-se de tarefas, isso impacta no seu trabalho. Focar no que realmente importa é a chave para uma carga mais equilibrada que leva, naturalmente, a melhores resultados.

E neste sentido, para agravar a situação, vários estudos mostram que os seres humanos são notoriamente otimistas em relação ao tempo que levam para concluir as tarefas, ou seja, subestimam o tempo usado, levando-os a terem que adiar coisas, atrasar entrega ou diminuir a qualidade do seu trabalho.

E não apenas isso, este excesso de sim pode também significar um não a algo tão ou mais importante em sua vida como, por exemplo, passar algum tempo com sua família.

Portanto, é importante você avaliar o porquê de não conseguir dizer não:

  • É um problema de autoestima?
  • É um medo exacerbado de ser rejeitado ou perder o seu emprego?
  • É por estar trabalhando em um ambiente desorganizado em que o seu chefe não sabe diferenciar o que é urgente do que não é?
  • É por ter um chefe muito agressivo que lhe impõe as coisas sem espaço para conversar?

Para aprender a dizer não, você precisa ter um entendimento mais claro do seu próprio contexto, dos seus objetivos e das suas prioridades.

É importante ter em mente que qualquer trabalho implica em um certo grau de sacrifício, naturalmente, pelo bem da equipe. Contudo, você não deve se esquecer que você ainda é um indivíduo com necessidades únicas. E todo excesso na vida, costuma ter resultados um tanto quanto complicados.

Seja corajoso e não diga mais vezes. As pessoas que não têm medo de recusar educadamente os pedidos estabelecem barreiras saudáveis ​​e são mais felizes no trabalho.

Saber dizer não é a chave para permanecer no caminho certo em relação aos seus objetivos e para cuidar da sua saúde. As pessoas que dizem sim para todas as solicitações estão se preparando para o fracasso.