Blog

Os cinco principais erros cometidos numa entrevista de emprego

Para uma entrevista de emprego, devemos levar nossa motivação, energia e potencial. A motivação é demonstrada comentando como seus propósitos profissionais e pessoais estão alinhados com a visão e com a missão da organização. A energia através de suas histórias de conquistas e de fracassos. E, por último, como suas habilidades técnicas permitirão gerar imediato valor ao novo desafio, ou seja, demonstrar que você é um candidato que agrega e que tem a capacidade de aprender rapidamente em novos ambientes.

80% das perguntas feitas em uma entrevista são as mesmas. Então, por que cometemos os mesmos erros? Por que não sabemos demonstrar as nossas conquistas e experiências de forma eficaz? Às vezes, colocamos as entrevistas em um pedestal tão alto que ela nos bloqueia ou paralisa. Contudo, temos que ter em mente que uma entrevista é, em geral, uma conversa entre duas pessoas, onde uma lhe pergunta sobre a pessoa que você conhece melhor: VOCÊ MESMO.

E quais são os principais erros cometidos nas entrevistas de emprego?

1. Ser muito humilde

Qual é o seu diferencial? Por que devemos lhe contratar? Esta é uma questão em que você deve se elogiar um pouco e ser menos humilde. Baseie suas respostas em realizações, experiências e pontos fortes. Essa pergunta é uma espécie de presente para que você demonstre o que lhe torna único e estratégico para a empresa. O CV afirma o seu valor, na entrevista você reafirma isso.

2. Não identificar as semelhanças nas perguntas mais desafiadoras

Quais são os seus pontos fracos? Qual o feedback que eles lhe deram para você no seu último emprego? Por que não devemos contratá-lo? No final das contas, estas perguntas acabam tendo o mesmo objetivo. Portanto, prepare-se para dar a mesma resposta. Não traga diferentes fraquezas. Sem perceber você acabará levando 5 pontos fracos diferentes. Você só precisa dizer um ou dois no máximo e, em seguida, explicar o que está fazendo para melhorá-los.

3. Deixar o entrevistador regular a sua energia

Você encontrará os 4 tipos de recrutadores: aqueles que são perguntadores, aqueles que lhe dão confiança desde o início, aqueles que não têm tempo e aqueles que não sabem como entrevistar. Seja qual for o cenário, isso não pode afetar a sua essência e o que você tem a dizer. Enquanto está na entrevista, a sua energia deve ser mantida ou aumentada, mas não diminuir.

Lembre-se que é uma conversa de duas pessoas, você pode fazer perguntas estratégicas para dar trazer uma melhor dinâmica à entrevista.

Alguns clientes já me disseram que, depois de uma pergunta mais incomoda, sentiram que desistiram da entrevista, porque não conseguiram se recuperar. Tenha em mente que quando acabou aquela pergunta e você respondeu, bola pra frente. Esteja atento para a seguinte. É preciso desenvolver a capacidade de superar e se recuperar durante uma entrevista de emprego

4. Não aprender com as suas experiências

Você vai a várias entrevistas, dá as mesmas respostas e nunca é chamado. Pare e pense sobre o que está funcionando ou não para melhorar o seu discurso. Você não deve mais permitir erros básicos, estar na 5ª entrevista, agindo como se fosse a primeira.

5. Não saber como finalizar a entrevista

Faça perguntas sobre a empresa que demonstrem o seu interesse na posição.

Não pergunte sobre projeções financeiras ou estratégias do negócio para o RH, essa pergunta deve ser dirigida para o chefe. Pergunte ao RH sobre os valores e a cultura da organização, sobre planos de carreira e sobre como é o ambiente de trabalho.

Não desperdice aquela pergunta típica “Tem alguma coisa que queira nos perguntar?”, ficando em silêncio ou fazendo um questionamento que não expresse a sua motivação em relação ao cargo ou desencanando sobre a possibilidade de estender um pouco mais a conversa.

E quando sair de lá, pergunte-se:

1. Eu disse tudo o que você tinha para dizer?

2. Despertei o interesse do recrutador? Houve alguma nova pergunta?

3. Expressei meu interesse pela organização e pelo cargo?

Lembre-se, você pode cometer erros, afinal isso é parte do aprendizado e de qualquer ser humano. Contudo, aprenda a se recuperar durante a entrevista e consiga oferecer a sua melhor versão.

***************

🚀 Instagram: @thelemacoaching

🚀 Youtube: https://www.youtube.com/thelemacoachingparaadvogados

🚀 Qual a sua visão sobre este tema? Escreva nos comentários.

🚀 Quer ajudar amigos, fazer com que estas informações cheguem longe? Compartilhe em suas redes.

🚀 E se quiser fazer parte do Whatsapp da Thelema Coaching para receber muito mais dicas para a sua carreira, clica no link conteudo-thelemacoaching.com.br/ig/ e se inscreva. Já tem um monte de gente aproveitando as nossas dicas por lá!