Blog

Comparar-se aos outros pode estar lhe Atrasando

Seu valor não é determinado pelo seu cargo ou por seus bens materiais. Existem pessoas que têm riqueza financeira e sucesso profissional, mas se sentem presas e arrependidas por suas escolhas, ou seja, infelizes.

Quando você se compara aos outros, coloca-se em competição com eles. Isso lhe leva a perseguir metas que talvez nunca escolheria para si na ausência dessa competição.

O problema é que isso não leva a um autoconhecimento. É complicado viver de acordo com aquilo que faz feliz as pessoas ao nosso redor.

Aqui eu não estou falando sobre uma competição saudável e leve que impulsiona os que dela participam, mas sim daquela que, muitas vezes, vemos nos ambientes de trabalho, que colocam as pessoas num estado de forte estresse.

Eu também não estou me referindo à observação das pessoas ao nosso lado. É útil ficar de olho no desempenho dos outros. Afinal, é uma oportunidade de aprender com eles. Isso é especialmente valioso quando você é novo em uma organização, em uma equipe ou em um projeto. Nestas situações, é importante entender como as coisas funcionam e os seus processos típicos, antes de considerar uma abordagem diferente ou desenvolver sua própria maneira de fazer as coisas.

Contudo, neste caso, existe uma grande diferença entre comparação e busca de informações. O mesmo acontece quando você está interessado em saber como aqueles com posições de alto nível ou pessoas reconhecidas pelo mercado alcançaram este patamar. Isso pode lhe servir de orientação, mas é diferente de você se sentir mal por algo que eles têm e você não.

As comparações que são importantes evitar são aquelas que podem lhe fazer sentir mal ou inferior aos outros. Em vez disso, concentre-se em si mesmo e em suas forças, desenvolvimento e desempenho para garantir o sucesso pessoal. Cada um tem o seu próprio caminho com metas e objetivos pessoais que serão alcançados em seu próprio tempo.

E como evitar estas comparações que lhe fazem mal e lhe trazem sentimentos de inadequação, como se você não estivesse fazendo o suficiente?

1.            Olhe para dentro de si

Você sabe onde quer chegar? O que quer realizar na sua carreira que tem um real significado em sua vida?

Entender os seus objetivos é o primeiro passo para criar um caminho que lhe faça feliz. Muitas vezes, vamos na onda de opiniões externas ou de colegas, sem refletir sobre a importância das coisas para gente.

Se você sabe aonde quer chegar, o seu objetivo será ser melhor do que quem era ontem, dia após dia.

2.            Defina metas

Quais são os próximos passos que você precisa tomar para chegar aonde quer? É claro que ninguém chegou aonde está em um dia. Por isso, é importante definir expectativas realistas.

Dê passos consistentes e celebre as suas conquistas.

Neste sentido, gravei um vídeo falando sobre o poder do pequeno passo. Aqui faz todo sentido dar uma olhada nele para ter paciência para alcançar os seus objetivos.

3.            Liste as suas realizações

No dia que bater aquela sensação de desânimo ou de autodepreciação, pense sobre as suas realizações.

Comece a listar as coisas que você mais se orgulha de ter conquistado em sua vida. Ao colocá-las no papel, você as torna reais, tangíveis e dignas de serem lembradas.

Em seguida, dê uma boa olhada nessa lista. Observe o quão longe você já chegou e dê um tapinha nas suas costas.

Então, pergunte-se: o que falta para alcançar o próximo nível?

4.            Faça um esforço consciente para se libertar das comparações. 

Pense nisso. Mesmo se você tem um irmão gêmeo idêntico, vocês são diferentes. Crescem com experiências, influências, ideias e pensamentos diversos. Suas personalidades não são as mesmas. Seus gostos, tampouco. Então, por que as suas conquistas pessoais e profissionais teriam que ser absolutamente idênticas a de alguém?

Nos comparar aos outros nos atrasa, porque nos coloca num estado de estresse que mina o nosso potencial.

O nosso maior poder da vida é sermos indivíduos únicos.

Numa frase de Ernest Hemingway “Não há nada nobre em ser superior ao seu semelhante. A verdadeira nobreza é ser superior ao seu antigo eu.

************

Quer acompanhar mais conteúdos:

Instagram: @thelemacoaching

Youtube: https://www.youtube.com/thelemacoachingparaadvogados

Whatsapp: clica neste link conteudo-thelemacoaching.com.br/ig/ e se inscreve. Já tem um monte de gente aproveitando as nossas dicas por lá!