Blog

Uma Ferramenta para atingir as sua metas na Advocacia

Uma Ferramenta para atingir as sua metas na Advocacia

Frequentemente, quando definimos metas, é porque queremos mudar algo em nosso comportamento. Talvez queiramos ser reconhecidos na nossa advocacia, melhorar a nossa produtividade, aprender a delegar trabalho a outras pessoas com mais eficácia ou ter um maior equilíbrio entre vida pessoal e profissional.

Quando definimos metas, normalmente é porque pretendemos fazer uma mudança. E defini-las claramente pode nos ajudar a identificar exatamente o que é.

Existem alguns passos que podemos tomar para definir metas que têm uma maior probabilidade de nos levar a mudanças bem-sucedidas em nosso comportamento. Essas etapas costumam ser resumidas pela sigla SMART.

Metas SMART são aquelas que são específicas, mensuráveis, atingíveis, relevantes e com limite de tempo.

Elas podem ajudar a esclarecer os passos que precisamos dar para cumprir nossos objetivos, ao mesmo tempo que nos permitem medir nosso progresso e nos manter motivados até que nosso objetivo seja alcançado.

As metas SMART podem ser usadas em uma variedade de contextos diferentes, incluindo desenvolvimento pessoal e profissional.

Neste vídeo, quero descrever cada componente da estrutura de metas SMART para que você possa utilizá-lo.

Específico

O problema com muitos objetivos é que eles são muito vagos. Metas como “Eu quero me tornar um comunicador melhor” não fazem nada para descrever o que isso parece em um nível prático. O que significa ser um “melhor comunicador”? Isso significa comunicar-se com mais frequência? Para mais pessoas? Usando métodos diferentes? Certifique-se de que seus objetivos sejam específicos e faça um esforço para definir claramente o que você deseja realizar. Uma meta de comunicação mais específica pode ser “Manter minha equipe melhor informada sobre o progresso em direção aos objetivos do escritório, trabalhando com o trello para a gestão de projetos com revisões  semanais.

Mensurável

Depois de definir claramente sua meta, é importante decidir como você medirá seu progresso. A qualquer momento, você deve saber quanto progresso fez em direção ao seu objetivo e o quanto ainda falta para ir. Tente identificar um comportamento que você possa rastrear, o que o ajudará a determinar se você atingiu seu objetivo. Em nosso exemplo de comunicação, pense em como seria manter sua equipe “melhor informada”. Isso significa ter reuniões de equipe mais curtas? Menos perguntas dos membros da equipe? Decida o que “melhor informado” significa para você e tente atribuir um número a isso.

Atingível

Metas ambiciosas, como se preparar para correr uma maratona, são ótimas para descrever onde você quer estar no futuro, mas podem ser intimidantes. Ao definir metas SMART, certifique-se de escolher uma meta que seja atingível. Se a meta parecer irreal, tente dividi-la em etapas menores e mais gerenciáveis. Cada meta de curto prazo que você atingir ajudará a mantê-lo no caminho certo e esses pequenos sucessos podem mantê-lo motivado na busca por metas de longo prazo.

Relevante

As metas que são significativas para você o ajudarão a mantê-lo motivado e engajado. Ao definir sua meta, pergunte-se por que deseja realizá-la. Qual é o seu objetivo geral e como esse objetivo o ajudará a alcançá-lo? Seguindo o exemplo de comunicação, considere como manter sua equipe “melhor informada” se encaixa no quadro mais amplo de desenvolvimento de sua liderança. As reuniões ou e-mails mais frequentes realmente manterão sua equipe atualizada ou seria mais benéfico para você mudar a forma como as reuniões existentes são estruturadas? Certifique-se de que a meta mensurável que você definiu realmente o ajudará a atingir seu objetivo maior.

Tempo limite

Um componente importante da definição de metas SMART é garantir que elas tenham um limite de tempo. Ao planejar como você alcançará seu objetivo, também considere quando você deseja alcançá-lo. Especificar um momento no qual você gostaria de concluir sua meta pode ajudá-lo a manter o ímpeto para alcançá-la. Ter um prazo pode fornecer uma sensação de urgência e motivá-lo a agir. Apenas certifique-se de que o cronograma escolhido seja realista. Se for muito curto, você pode não ter tempo suficiente para fazer o trabalho, mas se for muito longo você pode adiar até o último minuto.

Use esta ferramenta para definir metas na sua vida e depois me conta os resultados disso.

Leia também:

https://thelemacoaching.com.br/delegacao-como-estrategia-necessaria-para-gestao-de-tempo/

https://thelemacoaching.com.br/aprendizado-continuo-como-diferencial-na-advocacia/