Blog

Você sabe como controlar a sua ansiedade nas Entrevistas de Emprego?

A ansiedade em entrevistas de emprego acaba afetando muitos advogados.

Claro, o tempo passa, a pessoa não consegue se recolocar, a pressão vai aumentando e com isso perde-se o contexto de aprendizagem e oportunidades que deveria ser aproveitado durante o processo de procura por um emprego.

Tão importante quanto uma preparação adequada que lhe permite fortalecer o como, o quando e o que responder, trago neste vídeo três dicas específicas que lhe permitirá controlar a sua ansiedade do antes e do durante as entrevistas de emprego:

1. Permita-se ser humano: entrar em contato com os pontos fortes e com os pontos de melhoria é o ponto de partida para uma entrevista de emprego. Se você não conhece estes pontos sobre si mesmo, é como começar com o tênis errado para você…

Ser humano é entender que depois de cada entrevista, é preciso fazer uma autoanálise sobre os fatores que você deve fortalecer, melhorar ou eliminar. É também entender que existem situações que você não pode controlar. Ser humano é o que lhe conecta com a aprendizagem do processo para que você possa performar melhor numa próxima oportunidade.

2. Tire o momento da entrevista de um pedestal: Uma entrevista é, geralmente, uma conversa entre duas pessoas, onde lhe perguntarão sobre aspectos que você conhece mais do que ninguém. É verdade que se você já passou por alguns “nãos”, a tendência é idealizar a entrevista como se fosse o último teste da sua vida. Você perde o seu valor por uma resposta negativa. Não dê poder às perguntas, transfira poder para as suas respostas. 80% das perguntas são as mesmas, então você tem o poder de responder corretamente mediante uma preparação adequada. Use a biologia do seu cérebro ao seu favor, mandando substâncias que aumentam os seus níveis de bem-estar e tranquilidade. Especialistas recomendam meditar, respirar, não beber café. Eu sou mais direta e prática. Você tem um celular? Antes da entrevista, enquanto espera na recepção, pegue seu celular e assista a vídeos, veja imagens ou leia coisas que lhe fazem você sorrir. Isso força seu cérebro a secretar substâncias que aumentam o seu bem-estar, influenciando diretamente os níveis de empatia que você pode construir com o recrutador. Estar “relaxado” permite que você flua naturalmente nos primeiros minutos, que são decisivos para o seu desempenho durante a entrevista.

3. Por fim, os pontos anteriores são inúteis se você não tiver consciência do aprendizado que se deve ter após cada entrevista. Sempre há uma nova versão sua após cada experiência. Preparar e aprender a apreciar o processo são os pilares para poder vender a melhor versão de si mesmo de forma legítima, objetiva e eficaz.

Assiste o vídeo completo clicando baixo. E se você curtiu, dá um like e segue o nosso canal. Iremos trazer muitos outros vídeos para você.